Entra no espírito, Conhece Sintra!

Depois de deixarmos algumas notas da vida em Sintra durante os anos 50, agora vamos deixar dos anos 60.

1960

  • Por essa época, 1960, em Janeiro o Hóquei Clube de Sintra era campeão de Portugal em hóquei em patins;
  • Em Março, toda a vila de Queluz só tinha uma cabine telefónica para os seus 25.000 habitantes;
  • Em Junho, morre Eduardo Frutuoso Gaio, antigo vereador e juiz de várias festas de Nossa Senhora do Cabo;
  • O cardeal Cerejeira inaugura a nova igreja do Algueirão;
  • Em Setembro, Roland Petit e Zizi Jeanmaire fecham o festival de Sintra desse ano;
  • Nesse ano, morre, também, o presidente da Câmara Joaquim Fontes, depois substituído por D.António Correia de Sá , visconde de  Asseca.

D.António Corrêa de Sá, Visconde de Asseca

1961

  • Em 1961, abre ao serviço o apeadeiro da CP na Portela de Sintra;
  • Em Janeiro, o programa TV Rural  da RTP, do Engº Sousa Veloso faz uma reportagem na escola da Sarrazola  num curso de formação familiar rural;
  • Nesse ano, o juiz de Sintra Guilherme Lourenço Pinheiro é nomeado director dos serviços de Censura;
  • As relíquias de D.Nuno Álvares Pereira vêm a Sintra;
  • Em Fevereiro, Laura Alves e sua companhia levam à cena “Boa Noite Betina!” no Carlos Manuel;
  • Inaugura a iluminação pública no Largo Rainha D.Amélia, na Vila Velha;
  • António Mazzioti França é presidente do Hóquei Clube de Sintra (HCS);
  • A Câmara de Sintra vota um protesto pelo assalto ao Santa Maria pelo comandante Henrique Galvão;
  • Em Junho, abre o Hotel das Arribas na Praia Grande (ainda sem piscinas);
  • Em Outubro, nas bodas de ouro do Sport União Sintrense actuam Alice Amaro, António Calvário e Madalena Iglésias;
  • Abre o “Café-Bar” de Pêro Pinheiro, de José Quintans Botelho Rodrigues.

1962

  • Em Janeiro deste ano, é criada a freguesia de Algueirão-Mem Martins, por influência de Isaías Paula, João Cordeiro e Francisco Fernandes entre outros;
  • Lourel de Cima inaugura um chafariz público;
  • Em Fevereiro, Laura Alves representa no Carlos Manuel “Criada para todo o Serviço”;
  • Nesse ano, os Bailados Verde Gaio de Fernando Lima actuam no Carlos Manuel;
  • Em Abril, são inaugurados os correios de S.João das Lampas;
  • Em Maio, são inauguradas as novas instalações do Hóquei Clube de Sintra, sendo presidente Rui Cunha;
  • Em Junho, é inaugurado o salão de chá do Ramalhão de José de Almeida;
  • Em Agosto, a Filarmónica de Pêro Pinheiro fica em 2º Lugar no Festival Mundial de Bandas, em Kerkrade, na Holanda, tendo uma recepção apoteótica à chegada;
  • Em Outubro, é inaugurado o Colégio D.Afonso V;
  • Em Dezembro, morre o Arquitecto Norte Júnior, arquitectou entre outros o Casino de Sintra (hoje Centro de Arte Moderna).

1963

  • Em Junho deste ano, Richard Nixon, antigo vice-presidente dos EUA visita Sintra e almoça em Seteais;
  • Neste mesmo ano, o Jornal de Sintra notícia que há falta de bacalhau em Sintra;
  • Em Setembro, as festas de Nossa Senhora do Cabo decorrem em S.Pedro de Penaferrim.

1964

  • Em Janeiro, a tripulação do navio almirante Springfield da 6ª esquadra do Mediterrâneo janta no Hotel das Arribas e faz um jogo particular com o Sintrense;
  • Nesse ano, dois conhecidos meliantes, o “Portugal Nunes” e o “Parafuso” assaltam o estabelecimento Capote, na Estefânea, sendo dominados pelo guarda-nocturno Ventura Luís dos Santos ;
  • Primeira apresentação do agrupamento musical sintrense “Diamantes Negros”;

Diamantes Negros

  • Em Fevereiro, o grupo cénico do Sintrense representa “O Natal do Zé Caniço” na Assafora ;
  • Nesse mesmo ano, dá-se o IX Rali das Camélias, no qual venceram Horácio de Macedo e César Torres ;
  • É inaugurada a “Casa dos Frangos” em Colares, de Amílcar Augusto Gil ;
  • São inauguradas as instalações das Publicações Europa-América;
  • O sintrense Salvador Salvado Garrido é nomeado embaixador de Portugal na Colômbia;
  • Em Abril, Rainier e Grace do Mónaco visitam Sintra, tendo sido obsequiados por Jorge de Melo com um almoço na Quinta da Ribafria;
  • O capitão Américo Santos é provedor da Santa Casa da Misericórdia;
  • Em Maio, o cénico do Mucifalense encena “Os Fidalgos da Casa Mourisca” por Carlos Borges;
  • Em Junho, morre Pedro Costa Azevedo, pai de José Alfredo e velho republicano de Sintra;
  • No Tramagal, o Sintrense sobe à 2ª Divisão de Futebol;
  • Inauguração da escola primária de Janas;
  • Veríssimo Novo é treinador do Sintrense;
  • Em Julho, a Câmara cria o Gabinete Técnico de Urbanização e Obras, coordenado pelo vereador Sena Santos;
  • Começam obras de urbanização da Urbanil em Rio de Mouro;
  • Decorre o VIII Festival de Sintra e o XVII Concurso Hípico, no campo do Sintrense;
  • Em Setembro, o circo Texas está na Portela e a barbearia Lúcio recebe grandes melhoramentos;
  • Em Dezembro, Francisco José actua no Colarense.

1965

  • Por essa época, 1965, Américo Nunes vence o Rali das Camélias;
  • Nesse ano, “Que mulheres!” vai à cena no teatro do Sintrense, na Estefânea;
  • Volta a organizar-se o Carnaval do Mucifal ,sendo do júri Natalina José,Leite Pereira, Nunes Correia e Fernanda Baptista entre outros;
  • Em Março, António Calvário e Paula Ribas actuam na Tuna Operária de Sintra;
  • Inauguração da nova sede da Junta de Freguesia de Belas;
  • Abertura do Hotel Miramonte, em Colares, com gerência de José Alberto Araújo Pereira;
  • Em Abril, Tony de Matos actua no Colarense;
  • Em Junho, vindo do Ultramar, é apoteoticamente recebido em Galamares  Hélder José Martins, com homenagem no salão local;
  • Em Agosto, dá-se o IX Festival de Sintra, encerrado pelo presidente Américo Tomás a 1 de Setembro com a actuação da The Natural Youth Orchestra, do Reino Unido;
  • Em Setembro, Américo Tomás inaugura o Grémio da Lavoura de Colares;
  • Inauguração da luz eléctrica na Assafora;
  • Em Dezembro, o Colarense promove uma noite yé-yé com os Diamantes Negros;
  • A 20 de Dezembro há um acidente ferroviário em Sintra.

1966

  • Em 1966, o Jornal de Sintra anuncia que no Natal de 1965 se abateram no matadouro de Sintra 116 reses,4 cavalos,129 vitelas 80 porcos e 415 borregos;
  • Em Janeiro, abre remodelado o Cynthia Café, junto à estação da CP de Sintra, com projecto do arquitecto Luís Curado;
  • Em Fevereiro,  é inaugurada a agência do Banco Burnay em Pêro Pinheiro;
  • Em Maio, são inauguradas as piscinas da Praia Grande no Hotel das Arribas;
  • Em Junho, é inaugurado o posto da GNR de Pêro Pinheiro;
  • Em Agosto, é inaugurada a Estrada Várzea de Sintra-Fachada;
  • Ainda neste mês, a banda de Pêro Pinheiro ganha 3º lugar no concurso de bandas em Kerkrade, na Holanda;
  • Em Setembro, há um incêndio na serra de Sintra provoca 25 mortos entre os militares que o combateram.

Incêndio na Serra de Sintra

1967

  • Em Maio,  é anunciado um telefone público para a estação da CP de Sintra;
  • Em Agosto, o grupo Tivoli adquire o Hotel Nunes , na Vila, para erigir um novo hotel;
  • Em Outubro,  é inaugurada a carreira Albarraque-Sintra;
  • Em Novembro, é inaugurada a nova sede de “Os Aliados” em S.Pedro(a actual);
  • Ainda nesse mês, ocorrem cheias na zona de Lisboa que afectam Cacém, Belas e Queluz, provocando 12 mortos na região de Sintra.

1968

  • O ano de 1968 começou com a morte do presidente da Câmara D.António Corrêa de Sá, visconde de Asseca, aos 67 anos. Foi presidente de 1961 a 1968 e vereador de 1947 a 1960;
  • Em Janeiro, foi inaugurada a iluminação pública em Sacotes;
  • Em Abril foi nomeado presidente da Câmara o coronel Joaquim Mendonça Duarte Pedro, antigo governador de Cabo Verde;
  • Em Abril, depois de prestar provas, Joaquim Simplício dos Santos passa a cirurgião diplomado;
  • Em Junho, morre a pintora radicada em Sintra Milly Possoz;
  • Ainda nesse mês, a Tuna Recreativa Mucifalense leva à cena “O Morgado de Fafe Amoroso”;
  • Em Julho, foi inaugurada em S.Pedro a Adega-Bar dos Arcos, de José Lopes ;
  • Inauguração da luz eléctrica e água canalizada em Campo Raso ;
  • Em Agosto, durante 3 dias faltou a água em Sintra ;
  • O Jornal de Sintra refere que jogar as cartas nos comboios da CP se tornou uma moda, mais parecendo estes autênticos casinos;
  • Inauguração da luz eléctrica na Ulgueira;
  • Festa de despedida de Pompílio Silvestre no HCS;
  • Festa milionária em Colares na Quinta Schlumberger;
  • Em Setembro, depois da queda de Salazar da cadeira, a Câmara de Sintra manda rezar uma missa na igreja de S.Martinho pelo seu pronto restabelecimento.

1969

  • Em Março deste ano, foi inaugurado o posto de correios de Mem Martins;
  • Em Maio, foi inaugurado o posto de correios de Rio de Mouro;
  • Em Junho, houve a I Feira Industrial e Agro-Pecuária de S.João das Lampas;
  • Inauguração do novo posto clínico de Pêro Pinheiro;
  • Inauguração da antena de televisão de Janas;
  • O coronel Duarte Pedro demite-se de presidente da Câmara de Sintra;
  • Em Setembro, José Hermano Saraiva, ministro da Educação inaugura o novo liceu da Portela de Sintra;
  • Conclusão das obras da Ponte Redonda, em Galamares;
  • Sintra é elevado a concelho de  1ª classe;
  • Américo Tomás inaugura bairro da fundação Gulbenkian na Venda Seca.

1970

  • Em Janeiro deste ano, foi inaugurado o Bairro Administrativo de Queluz;
  • Em Março, Américo Nunes em Porche 911-S vence o Rali das Camélias;
  • Nesse ano, Carlos Santos vence a Rampa da Pena;
  • Em Maio, foi inaugurado o posto de turismo do Cabo da Roca;
  • Em Julho, é inaugurada a luz eléctrica em S.Marcos;
  • II Feira Industrial de S.João das Lampas;
  • Em Agosto, são inauguradas as novas instalações da Biblioteca de Sintra no Palácio Valenças;
  • Inauguração do posto de correios da Praia das Maçãs;
  • Em Setembro, é inaugurado o restaurante “Apeadeiro” em Sintra.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: